Casa da Roça

Dupla que furtou R$ 3 milhões de loja agropecuária é presa em Parauapebas

Dois homens foram presos por furtar cerca de R$ 3 milhões de um estabelecimento que comercializa materiais agropecuários no município de Parauapebas, na manhã desta quinta-feira (3). Alan da Silva Borges e Mateus da Silva Sousa trocavam mensagens em seus celulares sobre envio e transferências de valores suspeitos.

Delegado Elson afirma que a operação terá novos desdobramentos / Foto: Ronaldo Modesto

Dois homens foram presos por furtar cerca de R$ 3 milhões de um estabelecimento que comercializa materiais agropecuários no município de Parauapebas, na manhã desta quinta-feira (3). Alan da Silva Borges e Mateus da Silva Sousa trocavam mensagens em seus celulares sobre envio e transferências de valores suspeitos.

Segundo o delegado Elson de Deus, as prisões ocorreram no contexto da segunda fase da Operação “Ponto Cego”. “A primeira fase iniciou no dia 27 de março, onde foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão, além de bloqueios de valores em diversas contas dos investigados”, explica.

O Ministério Público se manifestou favorável à prisão de Alana e Mateus, considerando o relatório das investigações da Polícia Civil. Ainda de acordo com o delegado Élcio, os criminosos não resistiram à prisão.Leia mais:

“Creio que o ato da prisão já fosse esperado [por Alan e Mateus] tendo em vista o andamento das investigações”, comenta o delegado.

A Operação continua e o delegado afirma que haverá outros desdobramentos. (Zeus Bandeira e Ronaldo Modesto)

Fonte: Correio de Carajás

Opinião

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.